Imoveis zona leste Documentos para locacao - Imobiliaria Torres e Picolomini - Torres & Picolomini

SÃO PAULO: (11) 3469-9696 | SANTOS: (13) 3271-3779

Encontre seu Imóvel em

Documentos para Locação

 

Pessoa Física:
1) RG, CPF do locatário e do cônjuge (se for o caso);
2) Comprovante de residência (atual);
3) Última declaração de imposto de renda;
4) Comprovação de rendimentos dos últimos três meses:

4.1) Se for empregado, cópia das páginas de número e série, identificação e registro da carteira profissional, mais os três últimos holerites;
4.2) Se for autônomo, ou não tiver comprovação de rendimento, cópia dos extratos bancários dos últimos três meses, ou outros documentos para comprovação, desde que aceitos pelo proprietário do imóvel.

5) Se já for locatário, juntar cópia do contrato de locação e dos três últimos recibos de aluguel;
6) Ficha cadastral original preenchida e assinada.

Locação Pessoa Jurídica:
1) Contrato social e todas as alterações;
2) Cartão do CNPJ, Inscrição Estadual e DECA (se houver);
3) Última declaração de imposto de renda pessoa jurídica;
4) Último balanço ou os dois últimos balancetes;
5) Declaração do contador com faturamento dos últimos seis meses;
6) Ficha cadastral original preenchida e assinada de cada um dos sócios, mais cópia do RG, CPF e comprovante de residência;
7) Se já for locatário, apresentar cópia do contrato de locação atual, além de cópia dos três últimos recibos de aluguel;
8) Ficha cadastral original preenchida e assinada.

Fiador:
1) RG, CPF do fiador e do cônjuge (se for o caso);
1) Se for separado certidão de casamento com a averbação;
2) Comprovante de residência (atual);
3) Última declaração de imposto de renda;
4) Comprovação de rendimentos dos últimos três meses:

4.1) Se for empregado, cópia das páginas de número e série, identificação e registro da carteira profissional, mais os três últimos holerites;
4.2) Se for autônomo, ou não tiver comprovação de rendimento, cópia dos extratos bancários dos últimos três meses, ou outros documentos para comprovação, desde que aceitos pelo proprietário do imóvel.

5) Escritura definitiva de dois imóveis localizados na Capital;
6) Certidão dos imóveis atualizada no Cartório de Registro de Imóveis competente (matrícula);
7) Capa do IPTU do último exercício;
8) Ficha cadastral original preenchida e assinada.